7 de fevereiro de 2013

A sonoridade da Xispa para recepcionar o povo da Cascatinha


Foto: Danusa Lazzari
Uma das atrações locais estará disparando pitadas ruradélicas no Pira Rural

A banda foi formada no verão de 2007 em Sobradinho/RS, cidade vizinha de Ibarama/RS. Com o intuito de criar música, a banda foi tecendo seus refrões que vibram um modo de ver e viver. Buscando na originalidade, amizade e a vivência no interior a influência de sua sonoridade. Com o passar do tempo o grupo foi se descobrindo e também identificado-se em comparecer em Festivais de Música, pois nesses eventos encontrava e encontra amigos, pessoas que se tornariam(tornam) amigos e lugares especiais.

O som da Xispa, por Tiago S. Miotto

A simplicidade talvez seja uma das características mais marcantes da Xispa Divina, no modo de ser e de fazer. Musicalmente, ela não se opõe à riqueza, pelo contrário, a música da Xispa é multifacetada, e o resultado simples se apresenta como uma síntese de muitas influências: do rock clássico e psicodélico dos idos de Woodstock, do rock rural brasileiro que surgiu nos anos 70, da música popular brasileira e também da música de nosso estado e de nossa região.


Os rótulos, assim como os estigmas, sempre deixam algo escapar: a complexidade do que parece simples é um atributo da vida. Por isso, a forma encontrada para se poder categorizar o som da Xispa Divina foi criar o nome de um estilo novo, livre para significar o que quiser: é o Rock Ruradélico, sob o qual a temática da vida no interior e a valorização das coisas singelas permitem mesclar guitarra, teclado, baixo e bateria com o jeito de falar e de ser da gente que vive metros acima do nível do mar, cercada de morros verdes, afeita à agricultura familiar e acostumada aos invernos que fazem frio.

Foto: Maurício Oliveira
Projetos

Idéias "viajandonas" são corriqueiras nas invenções da Xispa Divina, mesmo que muitas demorem além da conta para se concretizar. O grupo tem um material em vídeo filmado em 2011 no interior de Candelária/RS com três canções inéditas, uma espécie de documentário/filme/show que aguarda uma oportunidade para encerrar e lançar esse material. Projeto mais concreto é o lançamento do terceiro disco da banda, as músicas estão bem encaminhadas e ainda para esse ano é a previsão de gravar em estúdio. 

O bando é formado por:
Franco Lazzari - Voz e guitarra;
Graziano Fhio - Baixo e resmungos;
Marcelo Tuito - Teclados e apitos;
Tiago Samambaia - Bateria e gambiarras;

Confere aí as músicas:

E se quiser falar com os Xispos, acessa aí:


Nenhum comentário: