4 de abril de 2013

Um Causo em Poesia: Homenagem as Sonoridades do Pira Rural

Blza Pessoal!! Vai ae uma Brincadeira para Abençoar as Belas e Surpreendentes Apresentações dos Artistas da Quarta Edição do Festival Pira Rural.


Abóboras de Vitalidade!

Nossa Casamata sempre será a Cascatinha
Aposentos amparados pela Betty
Uns dormem no Quarto Acido
Outros acordam no Quarto Sensorial
E o Mundo nem precisou acabar
Para vermos o Centro da Terra
O Núcleo de toda A Célula

Lá o mais Velho Hippie ou Jovem como Flor Lilás

Trazem um Cabeçote de Vivências Projetáveis
Nos ensinam a não brincar nem com Diabo Verde
E a se orientar sim pela Mahabharata Instrumental
Descobrir mais sobre a Xispa Divina do Amigo agora Nativo
Intuitivamente como um Sopro Cósmico

E do Palco Ricas Abóboras irmão da Rádio Camarim

Observar a chegada ilustre da Lua Cheia de Saturno de José
E imaginar a todo instante Los Cucarachos del Blues
Se embriagar com Os Brutais sonidos de guitarra e bateria
Capaz de deixar até Sapo Jones & Coiote Bill apavorados na Cascata

Enquanto de trem e metralhadora imaginária
Davi Henn se oferece pra buscar mais Choop
Todos com gosto de Acido Rock Band
Diferente só o Max Sudbrack da Graspa Mel
Que não paga mais IPVA
Mas faz de tudo pra escutar M.I.p.V
E cantar junto com todos Pãã Rááá Ri Rá Ri Rá Pira Rural


Autor: Marcelo Tuito
Créditos da Foto: Cobertura Colaborativa

2 comentários:

Unknown disse...

Porra Tuíto, que massa!!! =D

Roger Abreu disse...

to apavorado....