23 de março de 2015

Oficina de Ideias - Transhumanismo: A ideia mais empolgante e perigosa do novo milênio

Olá amiguinhos!!!
A páscoa se aproxima, e os trabalhos se intensificam. Assim passamos pra divulgar mais uma oficina do Pira 2015!
“Nós sabemos o que somos, mas não sabemos o que podemos ser.”
(Hamlet)
A Oficina da Realidade Transhumanista é uma apresentação oral e interativa sobre o Transhumanismo, que é um movimento mundial da atualidade que incentiva o uso máximo da Ciência e da Tecnologia para melhorar e aperfeiçoar a condição humana. 

O objetivo é explicar a corrente transhumanista e suas principais ideias para incentivar os participantes a pensar sobre o Futuro da Humanidade, quais seriam os caminhos para impedir a sua extinção e o futuro do homem. O uso de tecnologias para melhorar as capacidades humanas já é um tema bastante discutido, mas a corrente transhumanista em si, ainda é desconhecida por muitos. 

Entre as ideias a serem apresentadas estão os avanços da engenharia genética, a nanotecnologia e a robótica, a imortalidade carnal, a explosão da inteligência, os novos modos de produção (impressora 3D e metamateriais), a filosofia transhumanista e a não distinção entre os alienígenas e os humanos, dentre outros tópicos concernentes.

Um dos principais defensores do Transhumanismo é o filósofo Nick Bostrom, da Universidade de Oxford. (http://www.nickbostrom.com/), assim como o escritor e inventor Ray Kurzweil, que é um dos grandes nomes não apenas da inteligência artificial, mas também em questões como o futurismo e o transhumanismo. Podemos citar ainda Aubrey de Grey, Dmitry Itskov e Bill Gates.

Artigo a respeito: E depois de nós?
Duração: 45 minutos

Sobre o ministrante:
Bernardo Bernardi  a.k.a  Surya Karuna (Santa Maria, RS)
Bacharel em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (Unipampa). Criador das páginas no Facebook, Vagabundos do Darma (sobre Filosofia Oriental)  e Transhumanismo Brasil (sobre Filosofia Futurista). Possui Certificados das Plataformas Coursera e EDX sobre Globalização, pelas universidades de Leiden (Holanda), Georgetown (Estados Unidos) e Austin ( Estados Unidos).

Outras referências importantes:

Nenhum comentário: