24 de fevereiro de 2016

A elegância na etnicidade musical...

Foto: Paulo Pretz
Salve, salve, amiguinhos!

Mais uma banda fina e elegante pra encher nossos ouvidos e corações de alegria!

Magabarat: Música do mundo, cá, entre nós! 

A cena musical de Caxias do Sul não cansa de surpreender, sons inusitados saem a todo tempo do alto das montanhas do Sul. Dessa vez a grata surpresa vem do som instrumental, altamente experimental e cheio de referências da banda MAGABARAT, formada por Guilherme Santin (sintetizadores e programações), Guido Bracagioli, (contrabaixo e flauta transversal) e Felipe Girotto (bateria e percussão), que lançou CD em Dezembro de 2015.

Funk, soul, jazz, chamamé, salsa, baião, reggae, milonga e tango dão graça ao som progressivo quase psicodélico, cheio de samples eletrônicos e etnicidade da Magabarat. De acordo com os músicos, a amálgama de referências pode tanto ser uma característica marcante quanto o seu desprendimento. "A referência pode caracterizar o som de uma banda, mas pode, também, descaracterizar ele, como aconteceu no nosso caso. Somos tão abertos à música do mundo que somos uma junção de tudo isso, e gostamos muito!"



Nenhum comentário: