30 de janeiro de 2017

A alquimia musical de volta ao Ricas Abóboras!

Foto: Divulgação/Montagem: Pira Rural.
Saaalve, salve, amiguinhos!!

Mais uma atração forte confirmada no Pira Rural 2017!! Voltando ao palco Ricas Abóboras depois de estrear no mesmo em 2015: Gabriel Romano e Grupo!

Eles vem para apresentar o show Doce é a Passagem, trabalho mais recente.

Lançado em Porto Alegre em 2016, o CD ‘Doce é a Passagem’ recebeu cinco indicações ao Prêmio Açorianos de Música no gênero instrumental.

No repertório estão composições do acordeonista Gabriel Romano como ‘Urucungo do Malungo’ e ‘A necessidade de se sentir importante’ e do violonista Neuro Júnior como ‘Batuque’ e ‘Homenageandú’.

Privilegiando a diversidade, o grupo apresenta uma verdadeira alquimia musical. Com um repertório próprio e arranjos inovadores, convidam o público a pirar por diferentes idiomas musicais do mundo.

*Participação especial do violinista Ivan Andrade.


O grupo
Gabriel Romano – acordeon
Neuro Júnior – violão de sete cordas
Wagner Lagemann – baixo
Pedro Dom – clarinete
Fabricio Gambogi – guitarra
Bruno Coelho – percussão
Ivan Andrade - violino


Os músicos

Gabriel Romano – Estudou acordeon e piano no Conservatório Musical Carlos Gomes de Esteio e com professores de acordeon como Oscar dos Reis e Leandro Rodrigues. Em 2011 criou ‘Gabriel Romano e Grupo’ para interpretar as suas composições. Em 2013 lançou seu primeiro disco autoral ‘Sobre nós!’ que obteve duas indicações ao Prêmio Açorianos de Música.

Neuro Júnior – Estudou com Mauricio Lopes e Fernando Silveira. Trabalhou com artistas como João de Almeida Neto, Samuca do Acordeon e Clari Costa. Apresenta-se regularmente em festivais nativistas do Rio Grande do Sul.

Wagner Lagemann – Estudou fundamentos de áudio e acústica e técnicas de gravação e mixagem com Marcelo Claret e Maurício Gargel no IAV, em São Paulo/SP. Estudou baixo elétrico com James Liberato e Carlo Pianta, e baixo acústico com Clóvis “Boca” Freire. Atua como baixista em diversos estilos, como MPB, rock, jazz e blues.

Pedro Dom - Bacharel em Clarineta pela UFRGS sob orientação do professor Augusto Maurer. É solicitado como instrumentista, arranjador e produtor, tendo registros musicais de Tonho Crocco a Ivan Conti "Mamão". Integra a Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo.

Fabricio Gambogi – Mestre em composição musical pela UFRGS. Estudou guitarra com Carlos Pianta e Julio “Chumbinho” Herrlein. Produziu dois discos da cantora Gisele de Santi. Como guitarrista e violonista, tocou com artistas como Gisele de Santi, Ana Lonardi, Andreia Dias, Zelito Ramos, Arthur Nogueira e Dingo Bells. Em 2016 ganhou o Prêmio Açorianos de Música como melhor compositor erudito pelo disco “Eco em Horizonte”.

Bruno Coelho – Iniciou a vivência musical e estudos de técnicas e ritmos em geral aos 13 anos, tornando-se um musico profissional logo em seguida com 17 anos. Hoje com 13 anos de carreira, teve oportunidade de acompanhar, participar e gravar trabalhos de alguns dos grandes nomes da música, como: Solarise, Chimarruts, Andréa Cavalheiro e Luiz Marenco. Nos anos de 2011 e 2012 participou da banda base do Prêmio Açorianos de Música de Porto Alegre. Também participa de grandes festivais de música no estado do RS. Atualmente integra o grupo Instrumental Picumã e faz parte do trio e sexteto de Djâmen Farias.

Ivan Andrade – Bacharel em Violino pela e mestre em Etnomusicologia pela UFRGS. Investiga a prática indígena do canto de coplas no noroeste argentino, bem como a cultura musical Romani, em cujo âmbito idealizou o trio instrumental “Baxtale Romale”, de canções do Leste Europeu.

Gabriel Romano e Grupo
Facebook
Youtube
SoundCloud

Festival Pira Rural
Coletivo Clube Mundo

Nenhum comentário: