14 de março de 2017

Tudo, absolutamente tudo mudou!

Arte: Caramurú Baumgartner.
Salve, salve, amiguinhos!

Depois de uma sequência de artistas que vem pela primeira vez à Cascatinha, agora um peso pesado que mandou bem demais na edição passada, e volta com disco novo pra celebrar novamente conosco no palco Ricas Abóboras!! Tagore está na área novamente...

Após fixar residência em São Paulo e lançar "Movido a Vapor" (2014), seu elogiado disco de estreia, Tagore se lançou numa extensa sequência de shows pelo Brasil, passando por algumas das principais casas e festivais da cena independente nacional. Todo esse giro influenciou o grupo, que passou a utilizar mais elementos eletrônicos em suas apresentações, criando uma atmosfera ainda mais intensa e experimental.

Gravado por Tagore Suassuna e João Cavalcanti no Recife, Pineal (Sony Music, gratuito por streaming) nasceu em estúdio caseiro montado num apartamento alugado em Boa Viagem, na Zona Sul da cidade. Foi gestado durante sete meses e traz as mudanças como parte fundamental do processo de seguir evoluindo por dentro e por fora. "Tudo, absolutamente tudo mudou" são as linhas de abertura do single “Mudo” cantadas por um Tagore mais livre e maduro, anunciando um presente absoluto.



As participações especiais ficaram por conta de Fernando Almeida (Dinho) e Benke Ferraz do grupo goiano Boogarins, em uma parceria dissolvida ao longo de cinco  faixas das doze que totalizam o álbum. Com letras e sons mais universais, Pineal coloca Tagore na categoria dos artistas que conseguem se reinventar sem perder suas características. 




Festival Pira Rural
Coletivo Clube Mundo

Nenhum comentário: