4 de abril de 2017

Oficina: Dança afro-brasileira contemporânea

Salve, salve, amiguinhos!!!

Na corrida, passando pra divulgar mais uma oficina!! Pra botar o gingado em dia.. :)

Oficina: Dança afro-brasileira contemporânea
Limite de participantes: 20 pessoas
Duração: 1 hora

Foto: Divulgação/Montagem: Pira Rural.
Esta oficina tem como objetivo proporcionar uma experiência corporal que estimule a prática, a valorização e a conscientização sobre o papel da cultura de matriz africana, sua importância como dança ancestral na formação da cultura brasileira e sua contribuição para o desenvolvimento da dança contemporânea.

Utilizando as danças sagradas dos ORIXÁS, a oficina tem capacidade para 20 pessoas.

É organizada em três momentos com uma hora de duração: Alongamento e aquecimento, movimentos estéticos e performáticos dos orixás e seus arquétipos. E por fim, uma partitura coreográfica.

Foto: Divulgação/Montagem: Pira Rural.
Facilitador: Charles Ferreira é educador social, ator e bailarino. Atualmente integra o Grupo de contadores de historias HISTÓRIAS DA MÃE ÁFRICA, cujo trabalho deriva de suas pesquisas nas danças de matriz africana, as relações da mitologia ioruba sobre as vulnerabilidades sociais encontradas em nossa sociedade, a reflexão desses contos como fonte de empoderamento e expansão para a reconexão com essas forças divinas da natureza, as corporalidades cênicas e estados do corpo.

Integrou o Grupo Experimental de Dança da Cidade de Porto Alegre como aluno, tendo aulas diárias de diversas técnicas com professores renomados e participando das suas montagens. Desde 2007 participa de grupos de teatro e dança, qualificando suas pesquisas artísticas, buscando conhecimento com mestres nacionais e internacionais.

Festival Pira Rural
Coletivo Clube Mundo

Nenhum comentário: