15 de março de 2019

Butia Dub

A banda foi formada em 2007 por estudantes de biologia e geologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. O nome do conjunto é o resultado da junção de duas paixões; “Butia” (do Tupi-Guarani: mbutiai = a palmeira; ibati = arvore alta) é o nome indígena do butiazeiro, uma palmeira sagrada e símbolo das paisagens nativas do sul da América do Sul . “Dub” é uma levada reggae com elementos psicodélicos onde a banda fez sua escola musical. Foi desse encontro de sons e cores que demos partida nos motores da ButiaDub e começamos nossa viagem musical, inspirados pela diversidade biológica e cultural do Sul do Brasil e os ritmos jamaicanos.

O conjunto se modificou com o tempo, mas o recrutamento da trupe butiazeira sempre priorizou músicos formados na black music em geral, buscando formar um reduto fiel do verdadeiro espírito dos rockers jamaicanos. As influências musicais se fundiram em um grande caldeirão negro, incluindo o blues, o jazz, o samba, o afrobeat e a capoeira, estilos emoldurados pelos diferentes estilos de reggae que compõe o som da ButiaDub.

O projeto musical amadureceu e se intensificou assumindo novas conformações. Entre batidas e suingues, misturando ritmos jamaicanos e brasileiros, a concepção de som e de poesia se tornou um mosaico de experiências sensoriais contrapondo a vivência junto à floresta e sua beleza selvagem com a civilização urbanoide, a luta de classes, a poluição e as injustiças sociais. Os primeiros resultados dessa mistura podem ser conferidos agora no EP ButiaDub #1. O conjunto desenvolve ainda em paralelo o projeto musical "Juçara Blues e as Plantas de Cachoeira" dedicado ao Blues, Funk e ao Soul Music. 

Espaço Mato Dentro

O espaço “Mato Dentro” é uma área natural de Mata Atlântica localizada no município de Maquiné, litoral norte do Rio Grande do Sul. A área funciona como um verdadeiro laboratório vivo de criação e construção independente: estúdio musical, atelier e um imenso jardim agroflorestal de produção de alimentos. É nesse espaço que são realizados parte dos ensaios, gravações e experimentações criativas da banda, uma verdadeira plantação cultural.

Dentre as principais realizações frutos da convivência nesse espaço citamos a co-produção do documentário “O Ser Juçara” em parceria com o Coletivo Catarse e a Associação Içara (2016/2017). A temática do filme retrata as redes de valores relacionadas com a palmeira Juçara, o açaí da mata atlântica. A trilha sonora incluindo a canção título foi composta pela ButiaDub. Foi lá também que boa parte do EP “ButiaDub #1” foi produzido e gravado de forma autônoma pela banda. O disco é um registro de força de transformação e libertação voltado para a produção musical livre. Este trabalho está sendo divulgado em diferentes plataformas e eventos sociais, em favor do ativismo ambiental e da diversidade em geral.

Nossa Música e Nosso Show

As apresentações do conjunto remetem o público aos salões de dança, onde existe proximidade com os artistas. É permitido dançar e a mensagem dada é pra ser ouvida, seja na poesia das letras, quanto nos diversos ritmos que compõe o repertório, do ska ao rocksteady, do reggae roots ao dancehall. Bases com guitarras e teclas marcam o suingue das músicas, o casamento entre o baixo e a bateria ditam os andamentos com as baixas frequências. Os vocais e os tambores são a comunicação direta, sustentados pela paisagem sonora dos outros instrumentos, e trazem em sua atitude os elementos da vida que pulsa, atingindo diferentes públicos com sua força sonora simples e direta.

Os primeiros anos da banda representaram um mergulho na contracultura universitária, rendendo apresentações em eventos como “ArteBio”, “Geostock” e “Festivale”, e em encontros e congressos de estudantes. Atualmente, as apresentações ocorrem em diferentes espaços de cultura popular urbanos e rurais, de Porto Alegre e do interior do estado. Dentre eles destacamos o Afrosul-Odomode, Ponto de Cultura Africanamente, comunidades Quilombolas e Indígenas, bares e botecos do centro histórico e da Cidade Baixa na capital, festivais culturais e espaços públicos em geral. As canções autorais têm mensagens com atitude, destilando poesias ritmadas sobre uma base reggae vigorosa. Essa mensagem é fruto de um projeto coletivo de produção musical/cultural independente ligadas a um modo de vida. Para além de uma banda, a ButiaDub se compreende como uma comunidade de intenções. Vem com a gente viver essa festa de sons!




Nenhum comentário: