27 de março de 2019

Paola Kirst

O primeiro álbum de Paola Kirst (Rio Grande - RS), intitulado costuras que me bordam marcas na pele é a reunião de músicas compostas por ela e por amigos durante um ano e meio e trabalhadas incansavelmente em apresentações ao vivo com seus parceiros do Kiai Grupo. Esse é um caminho diferente do feito geralmente por músicos, que costumam primeiro gravar suas músicas e só depois as apresentar ao público.

costuras que me bordam marcas na pele é um grande trabalho entre amigos. Desde as letras escritas por Paola em sua estreia como letrista, até as músicas criadas em conjunto com o pintor e poeta Carlos Medeiros ( Inverno ), o artista visual e rapper Thiago Madruga ( Cais ) e Thielle Pinho ( Pão Com Mel ). Além dessas, Charlie 04 , composição de Juliano Guerra, e Abandonada , canção criada pelo violonista Neuro Júnior (que também faz participação especial neste trabalho), foram dadas a Paola, para que ela as desse voz. Com Abandonada , Paola Kirst levou o prêmio de melhor intérprete na 32º Moenda da Canção, em Santo Antônio da Patrulha (RS), em 2018.

Foto: Vitória Proença.
Sobre a importância do trabalho coletivo em seu primeiro álbum, Paola diz: “Busco mostrar o quanto a minha criação não é feita sozinha: às vezes é texto de um, melodia de outro, somente o piano ou toda a banda, ou apenas voz, valorizando as criações coletivas e o meu amadurecimento nesse processo”.

O título escolhido para o álbum remete à frase final de um dos poemas de Paola e agrupa boa parte dos temas das músicas: o inverno e as lãs representando o aconchego do lar; a espera da chegada de uma criança na família em Olívia , com roupinhas de linho e bordados; as cicatrizes na alma de uma mulher que sofre violência em Charlie 04 , o cotidiano de atravessamentos em excessos de imagens que ficam gravadas na retina em Abandonada.

Ela passeia por diversos momentos durante costuras que me bordam marcas na pele , desde duas poesias escritas e declamadas por ela, uma vinheta instrumental feita com música corporal, até uma música a cappella e uma canção feita apenas com a voz, utilizando um loop station. A artista tem como grande influência a música africana, assim como o samba e o jazz, muito bem representado pelos músicos da Kiai Grupo como banda de apoio, com seu perifajazz : Dionísio Souza no baixo, Marcelo Vaz no piano, e Lucas Fê na bateria A gravação do álbum foi feita ao vivo em Porto Alegre, RS, no Estúdio Pedra Redonda, de Wagner Lagemann, que produziu, mixou e masterizou o disco. Com figurinos Maurício Rodrigues, o álbum tem projeto gráfico e fotos de Vitória Proença.

Spotify | http://bit.ly/CosturasSpotify
Youtube | http://bit.ly/CosturasYouTube
Deezer | http://bit.ly/CosturasDeezer
Apple Music | http://bit.ly/CosturasApple

Sofar Sounds | https://bit.ly/2zCnRi2
Som no Salão | https://bit.ly/2VKg7TB
Vapor Sessions | https://bit.ly/2tX7ut6
Primeiro Mergulho | https://bit.ly/2KMp6zv



Nenhum comentário: